Esperon Recomenda | Lunar (2009)

Achar um filme de ficção moderno com conteúdo e não apenas explosões pode ser uma tarefa mais difícil que dirigir um kart sem ter as duas mãos. Ok, é verdade que alguns até se salvam, mas poucos são realmente memoráveis.

Matheus Esperon

Achar um filme de ficção moderno com conteúdo e não apenas explosões pode ser uma tarefa mais difícil que dirigir um kart sem ter as duas mãos. Ok, é verdade que alguns até se salvam, mas poucos são realmente memoráveis.

Por isso mesmo é uma pena que tão pouca gente conheça Lunar, um sci-fi tão bom que se eu tivesse que escolher entre acabar com a fome no mundo e assistir a ele mais uma vez, responderia: “vamos fazer pipoca?”.

7DDAF3FF7C

Lunar segue a história de Sam Bell (Sam Rockwell, ator e exímio dançarino), um astronauta que trabalha numa mineradora lunar sob um contrato de 3 anos, cuja única companhia é GERTY (Kevin Spacey), o computador que controla o complexo. Faltando apenas duas semanas para outro trabalhador chegar da Terra e substituí-lo, Sam encontra algo assustador: ele mesmo (literalmente, ele não se descobre homossexual ou um pai abusivo).

Além da história instigante, Moon ainda conta com um verdadeiro show de atuação de Sam Rockwell por pouco mais de uma hora e meia. O cara sozinho, quase como um Atlas do cinema, leva o filme todo nas costas numa atuação que, se tanto ele quanto o filme fossem mais mainstreams, com certeza renderia uma indicação ao Oscar. Vale também destacar a excelente trilha sonora, digna de qualquer blockbuster hollywoodiano.

Se você tem um mínimo de apreço por ficções científicas OU simplesmente curte ver atuações de primeira, pare agora o que você tá fazendo e corra atrás desse filme (mas não busque nada sobre ele no Google porque é fácil tomar spoiler!).  ;)