Esperon recomenda | 3 documentários pra assistir na Netflix

Presencie a queda do Anakin Skywalker da impressão 3D, fique com raiva do Sea World e descubra o que a sua escolha pela carne faz ao meio ambiente.

Matheus Esperon

Enquanto não inventarem algum sistema de aprendizado a la ‘Matrix’ ou ‘Invasor Zim’, assistir a documentários continuará sendo a forma mais fácil de aprender sobre alguma coisa.

Você senta em frente à TV ou monitor, dá play e, PUFF, duas horas depois a barra de conhecimento do seu personagem avança diante dos seus olhos.

Seguem três documentários disponíveis na Netflix que podem te ensinar alguma coisa hoje. ;)

Print The Legend (2014)

makerbot

O documentário original da Netflix segue a trajetória de quatro empresas de impressão 3D — MakerBot, Formlabs, Stratasys e 3D Systems — ao longo de vários anos.

Além de informar de forma super interessante sobre essa tecnologia que será uma realidade no nosso cotidiano num futuro bem próximo, o bacana é que o filme consegue capturar a evolução das empresas — desde seus primeiros passos como startups até sua consolidação como companhias milionárias — e, principalmente, das pessoas por trás delas.

Um cara especificamente é o Anakin Skywalker da vida real: ele começa como um empreendedor de bom coração e vai se transformando em Darth Vader na sua frente ao longo do filme. É assustadoramente incrível ver uma pessoa abandonar todos os seus ideais por causa de poder e dinheiro.

Blackfish (2013)

blackfish 2

São grandes as chances de você já ter lido sobre esse documentário graças à crescente (e merecidíssma) decadência do Sea Wold.

O filme é alicerçado por diversos depoimentos de ex-funcionários do parque, hoje cheios de arrependimento — a vergonha que a galera sente de ter trabalhado lá é palpável, chega a dar pena —, e basicamente conta a história da orca Tilikum, responsável por acidentes e mortes de treinadores, e como o Sea World trabalhou ativamente para encobrir os casos.

Que não fique mal entendido: o filme mostra muito bem como Tilikum e diversos outros animais são vítimas dos maus tratos e mentiras absurdas promovidas pelo parque.

Ao longo do documentário há diversas comparações entre o que biólogos afirmam sobre o comportamento das orcas e o que o Sea World alega, o que dá vontade de socar a televisão. Por exemplo, a maioria (talvez até todas, não lembro) das orcas do parque tem a barbatana dorsal caída. O parque alega que isso é algo normal, enquanto pesquisadores afirmam que na natureza isso é sinal de depressão e que essa condição atinge menos de 5% dos animais selvagens.

Se você pensa em visitar o Sea World, assista a esse documentário com urgência e não financie essa desumanidade em forma de entretenimento.

Cowspiracy: The Sustainability Secret (2014)

cowspiracy

Produzido por Leonardo DiCaprio (aquele rapaz que finalmente ganhou o Oscar), a história começa quando um ativista percebe que o impacto da pecuária no meio ambiente é completamente ignorado pelas maiores ONGs do mundo e parte para investigar o quão sério é o problema.

A parte mais surpreendente desse documentário não são os dados impressionantes sobre a questão — impressionantes mesmo, como a criação de animais ser responsável por 55% dos gases do efeito estufa e 65% das emissões de óxido nitroso — mas como há um verdadeiro acobertamento dessas informações em prol da indústria da carne. Até mesmo ONGs de proteção do meio ambiente escondem essa realidade — não há fraude maior do que o Greenpeace, é bizarro.

A intenção com a recomendação de ‘Cowspiracy’ não é transformar ninguém em vegetariano (até porque eu mesmo não sou), mas informar sobre as consequências da nossa escolha pela carne (e mostrar como o Greenpeace é uma fraude. Como eu odeio essa ONG, meu Deus do céu).

Se você assistir a alguma dessas recomendações, depois volta aqui e conta o que você achou! Bons estudos. :)