Review | Pokémon: Detetive Pikachu

Detetive Pikachu, eu escolho você!

Bernardo Dabul

Filmes de animação de Pokémon fizeram parte da infância de muitos, independente de em qual geração a pessoa aderiu à febre mundial. Mas, apesar de ter esse acervo nostálgico, sempre ficou no fundo da mente uma questão que nunca foi respondida: “como seria um filme live action de Pokémon”. Bem, a Nintendo finalmente nos deu essa resposta com Pokémon: Detetive Pikachu!

Seguimos Tim Goodman (Justice Smith), um jovem que perdeu a mãe cedo e o pai o trocou pelo seu trabalho como detetive. Tim tem uma vida padrão (pelo menos até onde pode se falar que algo é padrão em um mundo repleto de Pokémon), trabalhando em uma seguradora e aos poucos construindo sua vida, mesmo que ele renegue ter um parceiro Pokémon que nem todos os outros em sua cidade.

Tudo muda quando Tim recebe a mensagem que seu pai morreu em um acidente, fazendo com que o jovem vá para Rime City, onde humanos e Pokémon vivem lado a lado como iguais. Ao visitar o apartamento deixado para ele, Tim encontra um Pikachu falante (Ryan Reynolds) que perdeu a memória, mas está convicto de que há mais por trás esse acidente do que se sabe. Eles então se unem para desvendar esse mistério, como o título do filme indica, como detetives.

Quem escuta nossos podcasts sabe que eu não era fã da forma que os Pokémon foram imaginados para esse filme. Porém, exemplos recentes de tradução de personagem de jogos para filmes (*coff coff* Sonic) e ver ‘Detetive Pikachu’ em ação me fizeram mudar de opinião. Embora casos como o Charizard ainda estão um pouco estranhos, no geral todos os Pokémon são muito bem feitos, animados e inseridos no mundo. É muito fácil de mergulhar nesse universo e acreditar que os atores estão realmente interagindo com os monstrinhos em cena. O Pikachu em especial é bem mais expressivo e interage muito mais com seus arredores.

A sessão de cabine no Rio de Janeiro foi dublada, então não é possível comentar muito sobre as atuações sem ser as dos dubladores. Infelizmente, embora o texto seja bem localizado, com várias piadas muito bem adaptadas, os dubladores falham na entrega de muitos desses momentos. O poder emocional de várias cenas simplesmente deixavam de existir, pois as vozes simplesmente não carregavam o peso necessário.

Apesar disso, o mundo de ‘Detetive Pikachu’ ainda é bem divertido, nos mostrando várias formas como Rime City é estruturada e como Pokémon são integrados no dia a dia de formas extremamente criativas. A história em si também é interessante, apresentando um mistério que o público vai tentando desvendar junto com os protagonistas. Algumas detalhes talvez fiquem óbvios para observadores atentos, mas isso não rouba o impacto de quando os personagens chegam à essas conclusões.

Divulgação

Detetive Pikachu

‘Pokémon: Detetive Pikachu’ é um filme bem divertido que te transporta para esse mundo incrível que, até agora, só tinha sido visto através de jogos e animações. A história é interessante e os diálogos são bem escritos, por mais que a dublagem em português tenha deixado a desejar. As crianças com certeza vão se amarrar!

  • Universo muito bem construído
  • Mistério interessante e intrigante
  • Pokémon, no geral, muito bem feitos e animados
  • Pikachu merece destaque
  • Dublagem deixa a desejar
Nota: 4/5