Review | Rainhas do Crime

Um filme com atrizes excelentes protagonizando, mas acaba sendo só mais um “filme de máfia”

Bernardo Dabul

Rainhas do Crime é um filme que, ao mesmo tempo que tem muitos aspectos positivos, ele igualmente se atrapalha e acaba não conseguindo se elevar além do clássico “filme de máfia” padrão, por mais que seu elenco principal exale talento.

Essa adaptação do quadrinho homônimo segue Cathy (Melissa McCarthy), Ruby (Tiffany Haddish) e Claire (Elizabeth Moss) que são três esposas de homens que fazem parte da máfia irlandesa nos anos 70. Depois de uma situação onde os maridos são todos presos, elas desistem de depender de sua “família” para cuidar delas, decidindo então ir aos poucos criando sua própria empreitada criminosa.

Infelizmente, não demora muito para a máfia irlandesa (e outras organizações criminosas) notarem o que elas estão armando, começando então um jogo de cão e gato mortal onde ninguém está seguro.

Talvez a parte mais interessante da trama seja a forma com que as protagonistas usam o fato de que elas eram previamente donas de casa para ir conquistando espaço por baixo dos panos. Infelizmente, depois que tudo começa a ficar mais exposto, o filme se perde um pouco na violência gratuita. É tanta morte ocorrendo o tempo todo que ao fim eu já estava dessensitizado com qualquer outra cabeça que rolasse. 

O filme também tem um problema grande com certas mensagens que ele transmite com questões sérias como agressão de crianças e relacionamentos abusivos. Imagino que a ideia originalmente era retratar esses temas como males da época, mas quando esses fatores não só não são repudiados mas são ingredientes no sucesso das personagens, acaba criando uma “validação”, o que é perigoso.

Apesar destes problemas, o elenco ainda entrega performances memoráveis. Embora os homens façam um bom trabalho, claramente são as mulheres que brilham mais intensamente, com McCarthy, Haddish e Moss começando como mulheres inseguras e aos poucos vão se transformando em rainhas do crime confiantes e temidas.

Divulgação

Rainhas do Crime

‘Rainhas do Crime’ tem uma proposta interessante com atrizes sensacionais que ajudam a carregar o filme. Infelizmente o roteiro se perde um pouco na violência gratuita e glorificação de temas que definitivamente não deveriam ser exaltados. Não tá calor, mas tá valendo mais comprar um sorvete.

  • Elenco excelente, principalmente McCarthy, Haddish e Moss
  • Início interessante
  • Violência gratuita e excessiva
  • Retrata temas perigosos com pouca responsabilidade
Nota: 3/5