Review | Um Lugar Silencioso

Um ótimo filme até pra quem não curte terror!

Gustavo Angeleas

Em primeiro lugar, boa noite, que eu sou educado.

Em segundo, é importante ressaltar a minha total incapacidade para julgar um filme de terror/suspense. CALMA TIRA ESSA SETINHA DO X E VOLTA AQUI. Eu vou explicar.

O Dabul é um notório medroso e quem consome os conteúdos do 10de10 provavelmente já sabe disso. A questão é que eu, Gustavo (editor dos podcasts da casa, caso você, amado leitor, não me conheça), talvez seja tão ou até mais ~CAGÃO~ do que ele.

Antes de hoje eu nunca tinha sequer assistido um filme de terror em uma sala de cinema e poucas vezes vi filmes desse gênero em qualquer outro lugar. Simplesmente não gosto da ideia de ir para um lugar para tomar sustos e depois dormir mal ou ter a sensação de que uma criança japonesa está segurando seu cabelo durante o banho (não vi esse filme não sei se é exatamente isso que acontece) [nota do revisor Matheus Esperon: É EXATAMENTE ISSO KKKKKKKKK]. Minha avaliação vai privilegiar os aspectos mais gerais da obra, sem levar em consideração as especificidades do gênero.

“Vamo ver o que esse cagão vai falar” “Beleza”

Foi quando numa terça-feira chuvosa, enquanto eu navegava pelo vasto mundo da internet (essas informações talvez não sejam verdade), ouvi falar de Um Lugar Silencioso, filme com uma premissa que me conquistou: um mundo em que a humanidade foi praticamente dizimada e os poucos que restam estão acuados por monstros assustadores. O detalhe que despertou minha curiosidade foi que esses monstros são cegos e não sentem cheiro – eles acham suas presas por meio de sons. As pessoas, portanto, precisam reaprender a viver sem fazer barulhos.

Nisso já quero colocar o primeiro ponto positivo da obra: sua capacidade de fazer você se colocar no lugar dos personagens. Com uma porrada emocional logo no começo, fica difícil não imaginar o que você estaria fazendo se estivesse naquela situação com – ou pior, sem – a sua família. A direção de John Krasinski (o Jim, de The Office!) é muito competente ao te transportar para aquele lugar devastado e te deixar na ponta da cadeira do cinema. É curioso que parte da experiência do filme se dá fora das telas, com os barulhos em volta de você. Na sala de cinema, qualquer objeto que vai ao chão ou uma pessoa tossindo te deixa tão tenso quanto o que está sendo exibido.

Não vi The Office, mas ele é o Jim do The Office. INFORMAÇÃO!!!

As atuações são muito boas e acertadas. Com poucas falas ao longo do filme, há a necessidade dos atores utilizarem muita expressividade, o que poderia levar facilmente a exageros nas caras e bocas – o que não acontece nem com os atores mirins.

Destaque para o Jim do ‘The Office’ que te faz esquecer que ele é o Jim do ‘The Office’, pelo menos até você sair da sala e lembrar que ele é o Jim do ‘The Office’. Emily Blunt também dá um show de atuação em momentos desesperadores.

Essa cena é muito tensa, meu senhor Jesus Cristo!

Outro ponto positivo do filme é a falta de explicações para o que aconteceu com o planeta. O roteiro não perde muito tempo com isso, o que leva à sensação de que nem mesmo os personagens da trama sabem exatamente o que os levou àquela situação apocalíptica – ou talvez estejam mais preocupados em sobreviver do que em saber como os monstros chegaram ou surgiram na Terra.

Apenas duas coisas me incomodaram. A primeira é o fato de mostrarem os monstros muito cedo e muitas vezes. Durante toda a primeira metade, só vultos e partes pequenas são reveladas. Após um certo momento, eles aparecem por inteiro quase o tempo todo, o que tira um pouco a tensão, já que sua irrealidade fica explicitamente exposta, apesar deles serem esteticamente bem feitos pela computação gráfica.

Para falar sobre o segundo incômodo, eu basicamente precisaria contar o final do filme e não vou fazer isso porque este review é uma zona livre de spoilers. Se quiser muito saber sinta-se livre para me chamar nas redes sociais que eu largo-lhe o final.

Se você, assim como eu, não é muito fã do gênero de terror, dê uma chance a “Um Lugar Silencioso”. Apesar de ser vendido dessa forma, ele é, na verdade, um suspense que mostra a batalha de uma família normal para sobreviver. E, acima de tudo, um excelente filme.

Um Lugar Silencioso

"Um Lugar Silencioso" é um filme que consegue te deixar tenso e te coloca no lugar dos personagens, além de ter grandes atuações e uma direção competente. Não abusa de sustos e tem um final interessante. Excelente filme até para quem não é fã do gênero.

  • Tem o Jim do 'The Office'
  • Excelentes atuações
  • Direção competente
  • Premissa interessante
  • Mostra demais os monstros
  • *PONTO NEGATIVO CENSURADO PELA POLÍCIA DO SPOILER*
Nota: 4/5