Review | ‘Search Party’ guarda uma ótima (e maldosa) recompensa pros persistentes

A série arquiteta um plano arriscado que se revela, pra nós e pros personagens, só nos últimos minutos da 1ª temporada.

Matheus Esperon

Search Party é uma série muito estranha – e, por isso, uma recomendação e um review muito difíceis de fazer.

A história começa quando Dory (Alia Shawkat, a prima Maeby de ‘Arrested Development’) fica sabendo do desaparecimento de Chantal, uma antiga semi-conhecida dos tempos de faculdade. Obcecada em desvendar o mistério e dar [qualquer] significado à sua vida mundana, Dory alista seu namorado passivo, Drew, e seus dois amigos caricaturalmente millennials, Elliot e Portia, para juntos descobrirem o que aconteceu com a “amiga” Chantal.

Até aí, nada demais, só uma premissa interessante. Mas o grande lance é que a 1ª temporada de ‘Search Party’, uma original da TBS que pulou pra HBO Max no seu terceiro ano, é extremamente misteriosa e propositalmente confusa no seu tom e no seu objetivo como série, até em termos de gênero mesmo – é uma comédia, mas com momentos sombrios e elementos de mistério que geram um resultado positivamente muito esquisito…

Isso até literalmente os últimos cinco minutos da temporada, quando algo acontece™, você fala “PUTZ!!!” e a série abre as cortinas, finalmente revelando suas verdadeiras intenções pra quem persistiu ao longo de 10 episódios de meia hora. É nesse finalzinho que ‘Search Party’ realmente começa e fica claro que ela usou 95% da temporada pra fazer você se apegar aos personagens. Você caiu na armadilha e agora tá nessa enrascada junto com eles.

As duas temporadas seguintes são os desdobramentos desses cinco minutos, então não dá pra comentar muito sem spoilers – mas dá pra dizer que a história vai ficando mais tensa, os personagens vão se tornando pessoas cada vez piores e as atuações só melhoram.

Normalmente defendo que a vida é curta demais pra perder tempo com série que demora pra engatar, mas ‘Search Party’ definitivamente é uma exceção, até porque a primeira temporada já é boa, você só não entende o objetivo da história. São aqueles últimos cinco minutos que mudam tudo e recompensam quem seguiu até lá.

Divulgação

Search Party

Uma série que recompensa quem consegue passar pela aparentemente "perdida" primeira temporada, que serve como uma armadilha pra te prender pelo resto das temporadas seguintes.

  • Ótimos personagens
  • Grande atuação do quarteto principal, especialmente da protagonista Alia Shawkat
  • Acontecimento incrível no final da 1ª temporada que vira a série de cabeça pra baixo
  • Primeira temporada "perdida"
Nota: 4/5